Terça-feira, 1 de Maio de 2012

Três guardas do mercado Malanga na cidade de Maputo acusados de homicídio

Três guardas do Mercado Malanga, localizado na cidade de Maputo, encontram-se detidos em conexão com o espancamento de um jovem até a morte. A vítima, Sebastião Bernardo, 22 anos, foi encontrada morta na madrugada da terça- feira passada no Mercado Malanga. Na altura, o seu corpo mostrava sinais de agressão e com as mãos algemadas.

“Supõe-se que a vítima tenha sido algemada e depois agredida até a morte. Os resultados da nossa perícia indicam que estas algemas pertencem aos três guardas”, disse o porta-voz do Comando da Polícia da República de Moçambique (PRM) na cidade de Maputo, Arnaldo Chefo.
Falando durante o habitual briefing semanal da Polícia à imprensa, Chefo disse que a corporação ainda está a investigar as motivações do crime.

Durante o briefing, Chefo disse ainda que, na semana passada, a PRM alvejou um indivíduo que integrava uma quadrilha de quatro ladrões que se havia apossado ilegalmente de uma viatura de marca Toyota Harrier.
Os quatro bandidos terão arrancado a viatura das mãos da sua proprietária com recurso a uma pistola. Contudo, após o acto, a vítima tratou de comunicar imediatamente a ocorrência à Polícia, que rapidamente se pôs no encalço dos criminosos.
“Na altura, a Polícia tinha os seus agentes nas proximidades, e quando chegaram ao local do crime os meliantes tentaram fugir.Mas quando viram já não era possível fugir, desceram do carro, mas resistiram as ordens da Polícia, tendo um deles sido alvejado”, disse Chefo.
O indivíduo alvejado, actualmente sob cuidados médicos no Hospital Central de Maputo, foi o único malfeitor detido pela Polícia. A corporação espera neutralizar os restantes membros da quadrilha através do seu comparsa.
No total, a PRM na cidade de Maputo deteve 73 pessoas durante a semana passada, 51 dos quais acusados de prática de roubos e furtos.
Outras 15 pessoas são acusadas de homicídios e ofensas corporais, e os restantes em conexão com vários crimes.
publicado por Jornal NMz Moçambique às 22:21
link do post | comentar | favorito

Polícia interdita entrada de comida nas celas de Nini, Ayob e Ramaya.

Central térmica da Gigawatt Mozambique pronta no final de 2013



A central, em que serão investidos 230 milhões de dólares norte-americanos e ficará localizada em Ressano Garcia, na fronteira entre Moçambique e a África do Sul, fornecerá energia eléctrica à rede nacional moçambicana gerida pela estatal Electricidade de Moçambique.

A central térmica a gás que a empresa Gigawatt Mozambique pretende construir em Moçambique deverá ficar pronta no final de 2013.

A central, em que serão investidos 230 milhões de dólares norte-americanos e ficará localizada em Ressano Garcia, na fronteira entre Moçambique e a África do Sul, fornecerá energia eléctrica à rede nacional moçambicana gerida pela estatal Electricidade de Moçambique.

Segundo AIM, citando a agência financeira Reuters, o presidente da Gigawatt Mozambique, Castigo Langa, disse que, embora a venda da produção à Electricidade de Moçambique esteja à partida assegurada, a empresa pretende atrair outros clientes, particularmente do sector industrial, que poderão pagar tarifas mais elevadas e, assim, “assegurar a sustentabilidade do projecto a longo prazo”.
publicado por Jornal NMz Moçambique às 08:51
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
18
20
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Vandalizada sede do MDM

. Professores de nível supe...

. Raios mataram oito pessoa...

. Saúde preocupada com elev...

. Enfermeiros reúnem-se par...

. Ministro exonera deputado...

. Caso sequestros: Ministro...

. Em plena consulta: Explos...

. Oposição critica “insensi...

. Jorge Khálau reconduzido ...

.arquivos

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

.tags

. todas as tags

.favorito

. CIDADE DE TETE, VENDA DE ...

. BREVE HISTORIAL DE NOTÍCI...

. MOVIMENTO NMOZ:: Juntos ...

blogs SAPO

.subscrever feeds