Quarta-feira, 16 de Janeiro de 2013

Chuvas alagam cidade de Maputo

A cidade de Maputo registou, ontem, chuvas intensas que alagaram tanto a baixa da cidade quanto as zonas periféricas, tornaram as vias de acesso intransitáveis e os estabelecimentos comerciais encerrados.

O cenário vivido ontem na capital do país foi muito dramático, dado que as estradas ficaram alagadas, as valas de drenagem entupidas, enxurradas em todo o canto da cidade, pessoas desesperadas, escassez de transporte, tudo devido às chuvas que cairam na capital do país desde o passado fim-de-semana.

Várias pessoas que se fizeram à baixa da cidade para os seus postos de trabalho, ou então para passear ou fazer as suas compras, não tiveram alternativas se não mergulhar os seus pés nas águas turvas, com riscos imensos de contrair doenças.
Os autocarros não escaparam a esta lastimável situação que a chuva criou.
Alguns automobilistas, desesperados, tentaram tirar os seus carros das avenidas mas sem sucesso.
Os comerciantes formais e informais também foram alvos das enxurradas e tiveram que suspender as suas actividades.

Não se sabe quais os prejuízos causados e quantos impostos deixaram de ser pagos por alguns destes comerciantes.
Este panorama descreve a cidade de Maputo sempre que cai chuva, mas não se sabe o que é que as autoridades municipais fazem para estancar o problema de esgoto, que a cada dia de chuva que se passa degrada e ameaça a vida das pessoas.

O Instituto Nacional de Meteorologia já previa a queda de chuvas em Maputo durante o último fim-de-semana e os órgãos de informação divulgaram esta informação até de forma repetitiva, mas as autoridades não se prepararam e, como resultado, via-se meia dúzia de profissionais a tentar estancar esta grandiosa catástrofe. Já nas zonas suburbanas, como, por exemplo, Xiquelene, verificavam-se cenários dolorosos e preocupantes, de crianças a fazerem das águas turvas uma praia! Igrejas ficaram completamente engolidas pela água das chuvas e as conservatórias de registo civil também näo escaparam à fúria das mesmas.
publicado por Jornal NMz Moçambique às 16:19
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
18
20
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Vandalizada sede do MDM

. Professores de nível supe...

. Raios mataram oito pessoa...

. Saúde preocupada com elev...

. Enfermeiros reúnem-se par...

. Ministro exonera deputado...

. Caso sequestros: Ministro...

. Em plena consulta: Explos...

. Oposição critica “insensi...

. Jorge Khálau reconduzido ...

.arquivos

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

.tags

. todas as tags

.favorito

. CIDADE DE TETE, VENDA DE ...

. BREVE HISTORIAL DE NOTÍCI...

. MOVIMENTO NMOZ:: Juntos ...

blogs SAPO

.subscrever feeds