Quinta-feira, 22 de Novembro de 2012

E-mails secretos dão detalhes sobre sepultamento de Bin Laden

E-mails internos trocados entre militares dos Estados Unidos, obtidos pela agência Associated Press por meio Lei de Liberdade de Informação, apontam que nenhum marinheiro assistiu ao sepultamento no mar de Osama bin Laden a partir do porta-aviões USS Carl Vinson, e que os tradicionais procedimentos islâmicos foram seguidos durante a cerimônia.

Trata-se da primeira divulgação pública sobre a morte do líder da rede Al-Qaeda. Os e-mails, que contêm vários trechos censurados, foram libertados nessa quarta-feira pelo Departamento de Defesa. Bin Laden foi morto no dia 1 de maio do ano passado, depois que membros do grupo de elite da Marinha americana invadiram o complexo onde o terrorista se encontrava, em Abbottabad, no Paquistão.

Um e-mail classificado como secreto, enviado no dia 2 de maio por um alto oficial da Marinha, rapidamente descreve como o corpo de Bin Laden foi lavado, enrolado num lençol branco e colocado num saco pesado. De acordo com outra mensagem, apenas um pequeno grupo da liderança do porta-aviões foi informado sobre o sepultamento.
"Foram cumpridos os procedimentos tradicionais para um funeral islâmico. O corpo foi lavado (ritual religioso), e então colocado num lençol branco. O corpo foi colocado num saco pesado. O oficial militar leu algumas observações religiosas, que foram traduzidas para o árabe por um falante nativo. Depois da leitura, o corpo foi colocado numa tábua preparada, inclinada, e o corpo deslizou para o mar", diz um e-mail do dia 2 de maio do contra-almirante Charles Gaouette.
publicado por Jornal NMz Moçambique às 11:53
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De herminio mubai a 25 de Novembro de 2012 às 13:19
"Nada esta claro"
Essa estratagia foi mesmo para o partido Americano no poder dar continuidade como aconteceu nas ultimas eleicoes. para mim nada se justifica nas atitudes dos Americanos, perante a situacao do Bim Laden. o que eles conseguem fazer por vezes torna se orgulho para ser acompanhado por mundo em geral. destaco a morte de Sadam Hussein o ex presidente do Iraque para nao falar do assunto recente em Africa, o lider Libio Mommar Kadaff, entre outros. Quantos dias depois de esses serem mortos, os seus corpos foram exibidos? Quantos jornais e canais televisivos mundiais repetiam os destaques desses acomtecimentos? o corpo do Libio, foi interrado no estado de decomposicao, ainda a ser exibido como se fosse um inimigo, que ao procurar entender os motivos da sua morte, so os interessados e intelectuais compreendiam o acontecimento sem nenhuma justa causa. Coloco a minha suposicao: porque nao aconteceu o mesmo com a morte do Bin Laden? se esse era o homem mais procurado no mundo, morto ou vivo americanos o queriam. como se justifica e exibe se tanto a procura para na hora da batalha que os Americanos falam de terem conseguido matar nao demostrarem as publicacoes? para os intelectuais serem convecidos muito das vezes exige se a essencia dos factos, nao e' somente chegar ao publico exibir noticia sem provas. Obrigado

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
18
20
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Vandalizada sede do MDM

. Professores de nível supe...

. Raios mataram oito pessoa...

. Saúde preocupada com elev...

. Enfermeiros reúnem-se par...

. Ministro exonera deputado...

. Caso sequestros: Ministro...

. Em plena consulta: Explos...

. Oposição critica “insensi...

. Jorge Khálau reconduzido ...

.arquivos

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

.tags

. todas as tags

.favorito

. CIDADE DE TETE, VENDA DE ...

. BREVE HISTORIAL DE NOTÍCI...

. MOVIMENTO NMOZ:: Juntos ...

blogs SAPO

.subscrever feeds