Quarta-feira, 21 de Novembro de 2012

Indivíduos entre 15 e 35 anos de idade são os que mais cometem actos ilícitos

A Polícia da República de Moçambique, na província de Nampula, através do seu porta-voz Inácio Dina, considera que cidadãos na idade entre 15 e 35 anos são os que mais se envolvem em actos ilícitos.

De acordo com Dina, esta faixa etária é propensa a práticas de actos criminais por se encontrar em situação desfavorável à satisfação de suas necessidades aque a idade lhes impõe.

Num outro desenvolvimento, a fonte fez saber que deste grupo etário encontram-se estudantes que se envolvem em práticas de actos criminais cada vez mais e, optando por uma actuação em grupos.


OCORRÊNCIAS
Durante a semana passada, a PRM, na província de Nampula, registou a ocorrência de 6 casos criminais, contra 16 do igual período do ano passado, tendo esclarecido 4 e detidos seis indivíduos.

Contudo, o gabinete de Relações Públicas do Comando da PRM em Nampula apresentou na manhã desta terça-feira, dois indivíduos detidos nas celas da 2ª Esquadra da cidade de Nampula, localizada no bairro de Muahivire.

Trata-se de Hélio Lucas, 20 anos de idade, e Menezes Eugénio, os quais são indiciados separadamente de roubo e furto qualificado.
Hélio Lucas é reincidente. Cumpriu uma pena de 5 meses na penitenciária industrial de Nampula por roubo de bicicleta e a Polícia entende que desta vez é indiciado de roubo de equipamento sonoro numa residência, facto que ele não nega.

Hélio diz que “eu também queria dinheiro” para justificar o acto que cometeu, tanto que ele não refuta as acusações que sobre si recaem.

No entanto, Menezes Eugénio é guarda de uma barraca, a qual foi arrombada por desconhecidos, mas os proprietários entendem que seja ele, pelo que foi denunciado e recolhido para as celas.
Menezes aponta que um grupo de indivíduos fazendo-se transportar numa viatura que se dedica ao serviço de táxi dirigiu-se ao estabelecimento, amarrou-o colocou-o na viatura e levaram-no consigo e outros bens.

Todavia, a PRM entende que há indícios suficientes para que o cidadão seja acusado e já está a ver o sol aos quadradinhos.
publicado por Jornal NMz Moçambique às 16:19
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
18
20
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Vandalizada sede do MDM

. Professores de nível supe...

. Raios mataram oito pessoa...

. Saúde preocupada com elev...

. Enfermeiros reúnem-se par...

. Ministro exonera deputado...

. Caso sequestros: Ministro...

. Em plena consulta: Explos...

. Oposição critica “insensi...

. Jorge Khálau reconduzido ...

.arquivos

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

.tags

. todas as tags

.favorito

. CIDADE DE TETE, VENDA DE ...

. BREVE HISTORIAL DE NOTÍCI...

. MOVIMENTO NMOZ:: Juntos ...

blogs SAPO

.subscrever feeds