Sábado, 10 de Novembro de 2012

Simango reconhece erros no processo de reassentamento

O presidente do município de Maputo, David Simango, dá a mão à palmatória e reconhece que há erros no processo de reassentamento das famílias que vivem no traçado da grande circular e garante que, neste momento, a edilidade está a trabalhar para corrigir esses erros.

Neste momento, o Município já terminou o processo de comunicação aos moradores afectados sobre a questão dos reassentamentos e diz que agora está a envidar esforços para evitar o mal-estar.

David Simango reconhece atrasos no processo, principalmente do lado do distrito de Marracuene e da Matola, na província de Maputo.
Entretanto, o edil garantiu que “já terminaram as reuniões de comunicação com os afectados. Houve atrasos em relação a Marracuene e Matola.
Acreditamos que vamos corrigir as pequenas falhas.Estamos a fazer tudo por tudo para que não haja barulho”.

Simango acredita, igualmente, que todas as populações afectadas pelo traçado da circular de Maputo, que já viram as suas casas parcialmente e outras totalmente destruídas, “reconhecem a importância desta infra-estrutura, que vai de, certo modo, descongestionar o tráfego na capital do país”.

Alguns residentes de Zimpeto e Guava reclamam a falta de condições básicas de habitabilidade no local escolhido para o reassentamento. No bairro Samora Machel, falta água, estradas, escolas e energia eléctrica e fica a oito quilómetros da sede do distrito de Marracuene. Estas são as principais queixas das famílias afectadas pela obra.

As queixas dos moradores abrangidos aliam-se ao que várias organizações ambientalistas têm dito, sobretudo no que diz respeito à inexistência de um estudo de impacto ambiental.
Para resolver este imbróglio, está agendado, para este sábado, um encontro que deverá ditar o rumo dos acontecimentos. Como alternativa ao bairro Samora Machel, as famílias afectadas preferem os bairros de Albasine, Guava e a zona dos eucaliptos, na área limítrofe entre a cidade e a província de Maputo.
publicado por Jornal NMz Moçambique às 13:21
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
18
20
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Vandalizada sede do MDM

. Professores de nível supe...

. Raios mataram oito pessoa...

. Saúde preocupada com elev...

. Enfermeiros reúnem-se par...

. Ministro exonera deputado...

. Caso sequestros: Ministro...

. Em plena consulta: Explos...

. Oposição critica “insensi...

. Jorge Khálau reconduzido ...

.arquivos

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

.tags

. todas as tags

.favorito

. CIDADE DE TETE, VENDA DE ...

. BREVE HISTORIAL DE NOTÍCI...

. MOVIMENTO NMOZ:: Juntos ...

blogs SAPO

.subscrever feeds