Quinta-feira, 20 de Setembro de 2012

Maputo: 4 mil bancas desocupadas nos mercados, milhares de vendedores nas ruas

Os vendedores do sector informal poderão passar a ocupar apenas uma rua na zona baixa da cidade de Maputo como forma de descongestionar as ruas da zona baixa da cidade e reduzir o perigo que a venda de alguns produtos representa para a saúde pública, escreve o jornal Notícias na sua edição desta quinta-feira.

Segundo o vereador dos Mercados e Feiras no Conselho Municipal de Maputo, António Tovela, uma proposta nesse sentido será apresentada à Assembleia Municipal, onde consta o número de vendedores registados pela Associação dos Operadores e Trabalhadores do Sector Informal (ASSOTSI), com a indicação da avenida que servirá para o efeito.

“Está na fase de conclusão o documento a ser submetido à Assembleia Municipal, que indica também que tipo de produtos que não podem ser vendidos na via pública.

Falamos de verduras, carnes e outros produtos, cuja venda naqueles locais constitui um perigo à saúde”, disse Tovela, falando há dias ao jornal Notícias.

A implementação da iniciativa, tal como explicou o vereador, surge da constatação da afluência de vendedores informais nas zonas próximas de terminais de transporte. “Há uma tendência de as pessoas venderem onde há terminais de transporte, e uma das nossas prioridades, como Município, é aliar estas duas componentes, as de vias de acesso, e o comércio para facilitar a vida dos citadinos”, explicou.

Para os casos de mercados já existentes na capital, projecta-se a construção de terminais mais acolhedores, a ampliação das infra-estruturas existentes para que não periguem a saúde dos citadinos. Actualmente, perto de quatro mil bancas dos mercados da capital encontram-se desocupadas, mas em contrapartida assiste-se ao aumento de vendedores na baixa da cidade. A verdade é que a cada dia, mais pessoas ocupam os passeios destas avenidas, sem, muitas vezes, deixar espaço para a circulação de peões, para além de vender em lugares sem condições de higiene.
publicado por Jornal NMz Moçambique às 11:25
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
18
20
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Vandalizada sede do MDM

. Professores de nível supe...

. Raios mataram oito pessoa...

. Saúde preocupada com elev...

. Enfermeiros reúnem-se par...

. Ministro exonera deputado...

. Caso sequestros: Ministro...

. Em plena consulta: Explos...

. Oposição critica “insensi...

. Jorge Khálau reconduzido ...

.arquivos

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

.tags

. todas as tags

.favorito

. CIDADE DE TETE, VENDA DE ...

. BREVE HISTORIAL DE NOTÍCI...

. MOVIMENTO NMOZ:: Juntos ...

blogs SAPO

.subscrever feeds