Terça-feira, 18 de Setembro de 2012

Cabo Delgado: Electrificação rural entra na fase final

A ELECTRIFICAÇÃO da província de Cabo Delgado está a entrar na sua última fase com o arranque, ainda este ano, das obras com vista à ligação à rede nacional de transmissão dos distritos de Balama e Namuno, num investimento calculado em 100 milhões de meticais.

Para a execução da empreitada, o Governo assinou, há dias, um contrato de 12 meses com a Electrotec, uma empresa moçambicana. O arranque das obras depende da transferência dos montantes do Ministério da Energia para a Electricidade de Moçambique (EDM), responsável pela implementação do projecto.

A ligação dos distritos de Balama e Namuno à rede nacional compreenderá uma linha de transporte de 33 kV, a ser construída numa extensão de 105 quilómetros a partir de Montepuez.

Segundo a EDM, o projecto compreenderá ainda a instalação de sete postos de transformação e uma linha de baixa tensão de pelo menos 10 quilómetros para alimentar 250 consumidores, para além da montagem de um total de 600 candeeiros de iluminação pública.

António Marrunganhe, Director da Área de Distribuição da EDM em Pemba, explicou que a interligação de Balama e Namuno marca a fase final da electrificação dos 17 distritos de Cabo Delgado.
“As pessoas que vivem nos distritos de Balama e Namuno vão ter energia eléctrica da rede nacional até 2014”, assegurou António Marrunganhe, apelando aos consumidores que já beneficiam de corrente no sentido de pagarem as suas facturas, para que a empresa disponha de recursos financeiros para outros projectos de expansão.
Entretanto, futuramente a província de Cabo Delgado poderá ressentir-se da escassez de electricidade, tendo em conta a previsão de uma série de grandes projectos de investimento a serem implementados naquele ponto do país, particularmente no domínio dos recursos naturais. Devido à sua magnitude, estes empreendimentos consomem grandes quantidades de energia.

Todavia, António Marrunganhe assegurou à nossa Reportagem que o problema do défice de energia já está a ser tratado a nível da direcção de projectos, para que a província não seja surpreendida. O programa de electrificação rural preconiza a ligação de todas as sedes distritais até 2014.
publicado por Jornal NMz Moçambique às 11:18
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
18
20
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Vandalizada sede do MDM

. Professores de nível supe...

. Raios mataram oito pessoa...

. Saúde preocupada com elev...

. Enfermeiros reúnem-se par...

. Ministro exonera deputado...

. Caso sequestros: Ministro...

. Em plena consulta: Explos...

. Oposição critica “insensi...

. Jorge Khálau reconduzido ...

.arquivos

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

.tags

. todas as tags

.favorito

. CIDADE DE TETE, VENDA DE ...

. BREVE HISTORIAL DE NOTÍCI...

. MOVIMENTO NMOZ:: Juntos ...

blogs SAPO

.subscrever feeds