Sábado, 19 de Maio de 2012

COORDENADOR DA ONUSIDA OPTIMISTA QUANTO AO SUCESSO DA LUTA CONTRA HIV/SIDA

O Coordenador da ONUSIDA em Moçambique, Raul de Melo Cabral, disse haver dados que indicam a factibilidade de se poder acabar com o HIV/SIDA no país e no mundo.
Contudo, segundo a fonte, é necessário maior compromisso político, disponibilização de recursos e intervenções coordenadas de todos os sectores da sociedade por se tratar de factores “chave” paraque a epidemia seja efectivamente eliminada.
Ele assinalou que na África sub-Sahariana as mortes relacionadas ao SIDA estão a reduzir com o tratamento anti-retroviral. Nesta região, de 2004 a 2009 as mortes relacionadas com a epidemia reduziram em 20 por cento. Cabral disse, a propósito, que tudo isto é resultado de um esforço de todos intervenientes e que Moçambique apresenta resultados muito encorajadores.
“Ao caminharmos para a quarta década de luta contra o HIV/SIDA possuímos dados que indicam a factibilidade de acabar com a epidemia. Contudo, o compromisso político, a disponibilização de recursos e as intervenções coordenadas de todos os sectores da sociedade constituem factor chave para o fim deste mal”, afirmou Cabral, falando Quinta-feira última na abertura do workshop de formação de deputados da Assembleia da Republica (AR), o parlamento, em HIV/SIDA, Género e Direitos Humanos, que decorre até Sábado na Praia do Bilene, Sul de Moçambique.
O Coordenador da ONUSIDA sublinhou o papel de todos os participantes pelo seu desempenho como actores chavena resposta ao HIV/SIDA, particularmente na criação de legislação específica para promover e garantir os direitos e deveres dos cidadãos.
Cabral indicou, no entanto, ser necessário finalizar a revisão, para actualização, de leis tais como ‘5/2002 e 12/2009’, assim como a criação dos respectivos regulamentos para a sua implementação.
A Lei n° 5/2002, de 5 de Fevereiro, impõe, por exemplo, atomada de medidas adequadas à prevenção da exclusão, estigmatização, discriminação e outras tendentes à protecção social e emocional das pessoas vivendo com HIV/SIDA.
publicado por Jornal NMz Moçambique às 09:50
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
18
20
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Vandalizada sede do MDM

. Professores de nível supe...

. Raios mataram oito pessoa...

. Saúde preocupada com elev...

. Enfermeiros reúnem-se par...

. Ministro exonera deputado...

. Caso sequestros: Ministro...

. Em plena consulta: Explos...

. Oposição critica “insensi...

. Jorge Khálau reconduzido ...

.arquivos

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

.tags

. todas as tags

.favorito

. CIDADE DE TETE, VENDA DE ...

. BREVE HISTORIAL DE NOTÍCI...

. MOVIMENTO NMOZ:: Juntos ...

blogs SAPO

.subscrever feeds