Quinta-feira, 20 de Dezembro de 2012

Centenas de famílias perderam electrodomésticos

Mais de cem famílias dos bairros 25 de Setembro, Coalane e Brandão, ao nível da cidade de Quelimane, acabam de perder os seus electrodomésticos, devido à má qualidade de energia eléctrica fornecida pela Electricidade de Moçambique (EDM). As comunidades dizem que a EDM não se mostra disponível para arcar com os prejuízos.

No terreno, a nossa reportagem viu parte dos electrodomésticos das mais de cem famílias provenientes daqueles bairros, os mesmos dizem que o nível da qualidade de energia fornecida aos bairros regista constantes oscilações. Na verdade, a cidade de Quelimane tem estado a registar cortes quase que constantes nos últimos dias.

Dos electrodomésticos que não escaparam aos danos, destacam-se ventoinhas, televisores, DVD e congeladores. Entre os cidadãos, reina muito desespero...

Os lesados dizem que já participaram à electricidade de Moçambique os estragos causados pela má qualidade de energia, contudo, ainda não há resposta plausível para a reposição dos bens.

As famílias mostraram documentos à nossa reportagem, de uma longa lista de mais de cem pessoas, que deram entrada na direcção da electricidade de Moçambique, na cidade de Quelimane.
No bairro 25 de Setembro, dois dias antes dos estragos, as populações contaram ao jornal o pais que trabalhadores da Electricidade de Moçambique estiveram a desenvolver trabalhos num PT localizado naquele bairro, na sequência, os técnicos contaram à população que detectaram avarias que originaram nos estragos.

Arieta Bartolomeu, uma das cidadã lesada, explicou que “de repente à noite a energia começou a apagar e a ligar de forma bastante rápida. Deseguida, o meu congelador parou de funcionar, o televisor começou a tirar fumo e, de seguida, queimou, foi, na verdade, um grande susto”, disse.

EDM, por seu turno, diz que o facto deve-se à vandalização do equipamento.
De acordo com o director da Edm, Manuel Anselmo, neste momento foi criada uma comissão que envolve técnicos da EDM e quadros do sector da Energia, com vista a apurarem-se as reias causas deste fenómeno.

Paradoxalmente, mesmo com danos causados às mais de cem famílias, a electricidade de Moçambique diz que a energia fornecida à cidade de Quelimane é... de boa qualidade!

No entanto, com vista a não prejudicar as comunidades sobretudo no que aos danos diz respeito, o director da EDM em Quelimane garantiu ao nosso jornal que no terreno há trabalhos que já começaram a ser desenvolvidos.
Segundo disse, quadros do sector da energia e da EDM estão no terreno a fazer peritagem, por forma a compensarem as famílias.

Se o inquérito concluir que os danos causados ocorreram por razões não imputáveis à EDM, a empresa declinar-se-á das responsabilidades.
Refira-se que devido à sabotagem nos contadores, cabos neutros e espias, cabo que assegura a estabilidade mecânica no campo da rede energética, a EDM somou prejuízos orçados em 300 mil meticais.
publicado por Jornal NMz Moçambique às 15:31
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Janeiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
18
20
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Vandalizada sede do MDM

. Professores de nível supe...

. Raios mataram oito pessoa...

. Saúde preocupada com elev...

. Enfermeiros reúnem-se par...

. Ministro exonera deputado...

. Caso sequestros: Ministro...

. Em plena consulta: Explos...

. Oposição critica “insensi...

. Jorge Khálau reconduzido ...

.arquivos

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

.tags

. todas as tags

.favorito

. CIDADE DE TETE, VENDA DE ...

. BREVE HISTORIAL DE NOTÍCI...

. MOVIMENTO NMOZ:: Juntos ...

blogs SAPO

.subscrever feeds